terça-feira, 13 de março de 2012

remembrance

.



«as contas erradas
eram de vidro pano
frágil pedra de sal
terra plana inconcreta

da memória que já não é.
afinal era falha era geo
grafia da manhã.
já não é.

as contas erradas
antes de mais
de menos, de tudo eram
uma questão de sinal.»



[remembrance, tomás ketil]

[imagem: fotografia de escola, recolhida do meu album de memórias, 1976[?]]

.

4 comentários:

enletrasarte(Omar) disse...

las cuentas erradas, en un niño: comprensible, en un gobierno: crisis
saludos (excelente entrega)

RODISI disse...

He visto bellas y calidas fotografias en tu blog, va un cordial saludo enla distancia, Rodisi

Ignacio Santana disse...

Has recuperado una fotografía llena de emociones...gracias por compartirla!!!

Un abrazo, Leonardo!!! ;)

LauraAlberto disse...

:)

e sem máquina...

Beijinho
LauraAlberto