sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

# 72

.




«Escrever o teu rosto neste envelope
e acreditar que assim tu voltarias

Vã tentativa
fazer acreditar no magnetismo da linguagem
na força da gravidade das letras»

Frágil, Bruno Weinhals

[imagem: 15.02.12 – Minolta Dimage Z3]

.

4 comentários:

Karinne Santiago disse...

Talvez seja a ideia de todo poeta...

Vanessa Carvalho disse...

nós e nossas
invenções:
não abandonando-as
até
que um dia
virem
realizações.

flores.

Anónimo disse...

Talvez, um dia se torne real, tarde demais..
Começo a achar que o tempo e as palavras,demoram no tempo, tb eu já escrevi, num envelope...

Gostei imenso,
Beijo

Maria João Mendes

Anna Amorim disse...

Prolongar o outro em nós...

Abs, poeta

Anna Amorim