terça-feira, 23 de outubro de 2012

Fronteira Quase # 11

.





«Outrora,
comigo estavas aqui com tua voz;
e eu quisera que a ti também voltasse
de mim, agora, um eco de memória,
como esse escuro murmúrio de mar.»

de Ouve-se Ainda o Mar, Salvatore Quasimodo

[imagem: 2009, contraste forçado em Corel Photo-Paint]

.

4 comentários:

Luciana Marinho disse...

fotografia belíssima. parece existir no mais profundo da gente, onde ainda nos resta algum sentido: uma folha escrita, resistindo ao vento, encostada no outono. a citação de salvatore é o céu ao fundo, chovendo por dentro. vazando luz.

beijos!

R. Vieira disse...

Suave!!! Adorei

Karinne Santiago disse...

num quase naufrágio...

beijos!

Maria João Mendes disse...


adorei,a foto

"uma amor perdido, um sonho

um verso, uma história..."

perfeita a junção do foto com o poema!

Beijo