quinta-feira, 6 de setembro de 2012

# 60 - escuta

.




«No tempo que nada escuta, por quanto o escutaremos como as marcas que trazem aos nossos passos na terra, desse país distante, esse apelo suspenso, esse momento?»   

[palavras 10.2009 - imagem 08.2012, Minolta Dimage Z3]

.

3 comentários:

Omar de enletrasarte y masletrasarte disse...

en esse momento, escutemos
saúdo

chapiniki fotos disse...

Creo que al final tendrán que escuchar, no habrá remedio.

Excelente abstracto.

Enhorabuena.

Luciana Marinho disse...

deixo esse assombro...

"você não ouve a voz terrível, que grita por todo horizonte, e é habitualmente chamada de silêncio?" [georg büchner]

abraço, leonardo!